InFamous: Second Son

11:48Loading! One Blog

Fala galera, primeiro quero pedir desculpas pela demora da postagem tive sérios problemas para conseguir postar. MAAAAAAAAAS enfim. Hoje vou falar de um jogo da plataforma PS4, Infamous: Second Son, que além de contar com incríveis gráficos também conta com uma incrível história. Esse de longe foi um dos melhores jogos que joguei.



A primeira vista o gráfico do jogo impressiona bastante, afinal tudo é feito para dar brilho aos olhos, desde o vivo neon de das placas até mesmo as sombras de postes. O maneiro é que mesmo antes de você pensar em abrir o MENU você já está jogando. Mas um ponto a se destacar é que apesar do cenário ser lindo de se ver (oh se é), interatividade não é o ponto forte entre eles. É um game que dispensa partidas multiplayer online, entretanto dá para se “contentar” com os outros modos, de forma que sacia muito bem a vontade de jogar. Uma ressalta que alguns criticaram (particularmente achei bem legal) são as repetições das missões, afinal toda vez que se prepara para buscar um novo poder, as mesmas coisas devem ser feitas. Enfim vamos ao que também interessa a história do jogo.


A história se passa exatamente 7 anos depois de Infamous 2 e traz um novo cenário: a cidade de Seattle. Delsin Rowe é um cara rebelde por natureza, pichador, irônico, incrível e claro é sempre pego em flagrante pelo xerife da cidade Reggie que, por sinal é seu irmão mais velho. Cansado das travessuras do irmão a altura que ele pretende dar um xeque mate no irmão a cidade entra em alerta. Pois 3 condutores fogem de um carro da D.U.P e o primeiro condutor fugitivo é Hank que dá logo de cara com Delsin e Reggie. Tecnicamente considerados criminosos os condutores não são vistos de forma “agradável” pela população. Ao tocar Hank, Delsin percebe que o poder do cara passou para ele de forma inexplicável. É ai que a história fica boa afinal a antagonista entra na história, sendo ela Augustine a diretora da DUP, que faz Delsin tentar entregar o que aconteceu com Hank (que fugiu). O problema é que a Augustine não é nada simpática, pois ela acaba machucando quase toda a população de onde o Delsin mora. Dessa forma começa a caçada do Delsin contra Augustine o DUP não só para tentar curar as pessoas, mas depois ela dará motivos para ele querer se vingar.


 Delsin e Hank

Delsin e Reggie

O jogo é inteiro baseado em escolhas, sendo assim você carrega seu carma: BOM (azul) OU MAU (vermelho); essas interações são incríveis, pois a trilha sonora muda de acordo com as escolhas, a população ou te adora e te adota como herói ou vai te odiar. É pra mim um jogo completo de emoções, vale a pena descobrir cada detalhe. Enfim um jogo que utiliza todos os arsenais do controle do PS4 pois há hora em que você joga utilizando o controle na vertical, utilizando o sensor e imitando um spray de tinta. E mesmo quando você “zerar” o jogo você pode continuar jogando com todos os poderes ou fazer o caminho contrário do qual você fez na primeira, segunda ou terceira vez hahaha. Na opinião dessa colunista aqui um incrível gráfico, uma grande história e um MEGA jogo. Ou seja na minha opinião é um jogo que vale a pena jogar SIM.

Carma BOM ou MAU

You Might Also Like

0 comentários

Posts Populares

Fale Conosco